10000mulheresAté o dia 15 de agosto, o “10.000 Mulheres” – programa global para capacitação em negócios e gestão destinado a mulheres empreendedoras – está recebendo inscrições para uma nova turma. Organizado pelo banco americano Goldman Sachs, o projeto é conduzido, em São Paulo, pela Escola de Administração de Empresas de São Paulo (FGV/EAESP) em parceria com a Babson College – a mais importante escola de empreendedorismo dos Estados Unidos.

Com 14 dias de aulas presenciais, sempre às sextas e sábados, o programa oferecido pela FGV/EAESP abrange temas como operações, negociação, marketing e gestão de recursos humanos. As participantes também terão acesso a tutoria, eventos e fóruns que lhes permitirão interagir, aprender e trocar ideias. Após concluir o programa, as empresárias se tornarão parte da rede de ex-alunas do 10.000 Mulheres e terão acesso contínuo a aprendizagem e oportunidades de networking. Este é o sétimo ano consecutivo em que novas empreendedoras serão habilitadas na área de Gestão em São Paulo. Nas últimas seis edições, mais de 350 mulheres foram capacitadas gratuitamente pela EAESP. O processo seletivo é feito pela Escola junto ao banco Goldman Sachs.

Lançado em 2008, o projeto já atingiu mais de dez mil mulheres empreendedoras em 43 países, incluindo África do Sul, China, Egito, Índia, México, Nigéria, Peru e Turquia, através de uma rede de 90 escolas e organizações sem fins lucrativos.

O programa é coordenado pelos professores Maria José Tonelli e Tales Andreassi, e as aulas têm previsão de início no dia 25 de setembro.  Confira mais informações no site.

Fonte: FGV Notícias