Estudantes do quinto semestre do Curso de Psicologia da Faculdade Ari de Sá visitaram, na última quinta-feira (10/maio), a Fundação Social Raimundo Fagner. A visita representou uma atividade vinculada à disciplina de Psicologia Comunitária, ministrada pela professora Elívia Cidade, e teve como objetivo aproximar o acadêmico do cotidiano da atuação profissional em Psicologia junto a uma organização não governamental.

A Fundação Social Raimundo Fagner é uma organização sem fins lucrativos criada no ano de 2000 pelo cantor e compositor cearense Raimundo Fagner. A ONG desenvolve suas atividades nos municípios de Orós e Fortaleza, acolhendo, no contraturno escolar, 200 crianças e adolescentes com idade entre 07 e 17 anos em situação de vulnerabilidade social e que estejam matriculadas na rede pública de ensino. Durante o período de permanência na Fundação, as crianças e os adolescentes participam de atividades culturais e educativas, tais como aulas de canto coral, flauta, violão, teoria musical, musicalização, prática em conjunto, capoeira, informática, leitura, escrita, literatura e história da arte.

Na ocasião da visita, as estudantes conheceram as instalações físicas e participaram de uma palestra realizada pela psicóloga da ONG, Débora Cipriano, que explanou sobre as potencialidades da atuação em psicologia junto ao terceiro setor. Para a estudante de psicologia Janaína Vieira, “a visita à Fundação Raimundo Fagner acrescentou muito para minha formação, ampliou meu olhar para a atuação do psicólogo na comunidade”.

A estudante Karoline Sampaio, por sua vez, afirmou a relevância da prática de atividades extra sala de aula como uma ferramenta que o estudante do contexto de atuação profissional. “Foi um momento de entrar em contato com uma realidade muitas vezes esquecida. Essa visita foi de fundamental importância para compreendermos as ações realizadas pela psicologia e quais as potencialidades do no nosso fazer no campo social”.